MENSAGEM DO LÍDER DO SACERDÓCIO LOCAL

    Aumentar a Fé através do Estudo do Livro de Mórmon

    SCRIPTURES

    'Precisamos saber por nós mesmos que o Livro de Mórmon é verdadeiro e desenvolver um testemunho pessoal'

    Vivemos em momentos extremamente difíceis e desafiadores, A Dispensação da Plenitude dos Tempos. Todos ansiamos por esperança, paz, amor e pelo conhecimento de que nosso Pai Celestial está sempre presente para nos ajudar a superar os obstáculos que enfrentamos em nossa estada na terra. Existem tentações de todo tipo—tantas vozes dissidentes—que podem testar a nossa fé e nos fazer perder o caminho.

    Na página introdutória do Livro de Mórmon, afirma-se que o Livro de Mórmon nos diz o que fazer para obter paz nesta vida e salvação eterna na vida vindoura. [1]

    O Profeta Joseph Smith testificou: “O Livro de Mórmon é o mais correto de todos os livros da Terra e a pedra fundamental de nossa religião, e que seguindo os seus preceitos o homem se aproximaria mais de Deus do que seguindo os de qualquer outro livro”. [2]

    Nós, como membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, somos verdadeiramente abençoados por termos o livro mais correto da Terra–essa preciosa posse–que pode transformar nossas vidas e mudar a face da Terra. Do que mais precisamos?

    O Presidente Ezra Taft Benson ensinou que o Livro de Mórmon é a pedra angular de nossa religião de pelo menos três maneiras:

    Testemunho de Cristo–Presta testemunha da sua realidade com poder e clareza.

    Plenitude da Doutrina–No Livro de Mórmon encontramos a plenitude do evangelho de Jesus Cristo e as doutrinas exigidas para a nossa salvação e exaltação.

    Alicerce do Testemunho–Não se pode obter um testemunho das afirmações da Restauração e de tudo o que a acompanha sem saber que o Livro de Mórmon é verdadeiro.

    Como testemunhas deste livro profundo, precisamos compartilhá-lo com nossos irmãos e irmãs—portanto, nossa tarefa é declarar o evangelho e fazê-lo efetivamente. Em Doutrina e Convênios somos aconselhados: “Não procures pregar minha palavra, mas primeiro procura obter minha palavra e então tua língua será desatada; então, se desejares, terás meu Espírito e minha palavra, sim, o poder de Deus para convencer os homens.”[4]

    Lidar com Objeções

    Nossa fé poderá ser tentada e, às vezes, a fé de nossos irmãos, e outros que talvez não sejam da nossa fé, não acreditarão em tudo no Evangelho. O Presidente Ezra Taft Benson ensinou como o Livro de Mórmon pode ser o recurso central para responder a tais situações:

    “Devemos usar o Livro de Mórmon para lidar com objeções à Igreja… Todas as objeções, sejam elas referentes ao aborto, ao casamento plural, à adoração no sétimo dia etc., basicamente dependem de sabermos se Joseph Smith e seus sucessores foram e são profetas de Deus que recebem revelação divina.”

    “… O único problema que a pessoa que tem dúvida precisa resolver por si mesma é saber se o Livro de Mórmon é verdadeiro. Porque se o Livro de Mórmon é verdadeiro, então Jesus é o Cristo, Joseph Smith foi seu Profeta, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é verdadeira e está sendo liderada por um Profeta que recebe revelação.” [5]

    O Profeta Joseph Smith ensinou que o Livro de Mórmon é fundamental para nossa fé, crenças e testemunho. “Tirem o Livro de Mórmon e as revelações, e onde está nossa religião?”, perguntou ele. 'Não temos nenhuma.'

    Desenvolver um Testemunho Pessoal

    Precisamos saber por nós mesmos que o Livro de Mórmon é verdadeiro e desenvolver um testemunho pessoal. “E quando receberdes estas coisas, eu vos exorto a perguntardes a Deus, o Pai Eterno, em nome de Cristo, se estas coisas não são verdadeiras; e se perguntardes com um coração sincero e com real intenção, tendo fé em Cristo, ele vos manifestará a verdade delas pelo poder do Espírito Santo.” [6]

    O Presidente Thomas S. Monson, durante a Conferência Geral de abril de 2017, implorou a cada um de nós que, em espírito de oração, estudasse e ponderasse o Livro de Mórmon todos os dias. Ao fazermos isso, ele prometeu que estaríamos em posição de ouvir a voz do Espírito, resistir à tentação, superar a dúvida e o medo e receber a ajuda do céu em nossas vidas.

    Desfrutei dessas bênçãos ao ler e ponderar o Livro de Mórmon religiosamente, todos os dias. Fui privilegiado, há muitos anos, de reunir-me com uma Autoridade Geral que, durante nossa discussão, mencionou que lê o Livro de Mórmon diariamente. Fiquei impressionado quando ele falou, e meus pensamentos vieram a mente: “Se este homem, com cerca de 70 anos de idade, que cresceu na Igreja, lê este livro todos os dias, quanto mais preciso dele como noviço e converso da Igreja?” Esse encontro mudou minha vida para sempre e eu adoro começar o meu dia nutrindo as palavras calmantes do Livro de Mórmon. Assim como Néfi, “minha alma se deleita nas escrituras e meu coração nelas medita”. [7]

    O Presidente Russell M. Nelson prometeu que as “verdades do Livro de Mórmon têm o poder de curar, confortar, restaurar, socorrer, fortalecer, consolar e alegrar nossas almas”. [8]

    Testemunhei em primeira mão como essas bênçãos—conforme prometido por nosso querido profeta—mudaram a vida do irmão Joseph Tembo* da ala do Copperbelt em Zâmbia. Visitamos esse irmão quando fui designado para presidir uma conferência de distrito há alguns anos atrás. Ao entrar em sua casa, notei em seu quarto uma pequena mesa à esquerda com uma pilha de escrituras. Eu apenas me maravilhei quando fui informado de que ele estava inativo nos últimos sete anos e que havia se tornado um tanto insatisfeito. Conforme discutimos com ele, ele disse algo profundo: “Não frequento a Igreja há 7 anos por causa de alguma ofensa. Ainda sei que o evangelho é verdadeiro. Ler o Livro de Mórmon diariamente me fez continuar. ” O Livro de Mórmon certamente o confortou, fortaleceu e consolou durante seu maior momento de necessidade. Portanto, foi fácil ajudá-lo a encontrar o caminho de volta à Igreja novamente.

    Isso também fortaleceu meu próprio testemunho de que o estudo das escrituras deveria ter um tempo definido diariamente, e não o tempo restante! E como o Presidente Harold B. Lee advertiu: “Se não estamos lendo as escrituras diariamente, nossos testemunhos estão a ficar mais finos”. [9]

    À medida que procuramos aumentar nossa fé no Pai Celestial e em Seu Filho Jesus Cristo e em Sua Expiação, precisamos “… prosseguir, banqueteando-nos com a palavra de Cristo e perseverando até o fim…” [10] “As palavras de Cristo [nos] dirão todas as coisas que [devemos] fazer”. [11] O Livro de Mórmon é para nosso proveito e aprendizado; testifica de Jesus Cristo e responde as perguntas da alma.

    *Nome foi alterado

    [1] Página introdutória do Livro de Mórmon

    [2] Página introdutória do Livro de Mórmon

    [3] Ezra Taft Benson, revista Ensign, novembro de 1986

    [4] Doutrina e Convênios 11:21

    [5] Pregar Meu Evangelho, 108–109

    [6] Morôni 10:4–5

    [7] 2 Néfi 4:15

    [8] Russell M Nelson, revista Ensign, novembro de 2017

    [9] Ensinamentos dos Presidentes da Igreja: Harold B. Lee (2011), 59–68

    [10] 2 Néfi 31:20

    [11] 2 Néfi 32:3